Home | Transparência
Transparência

Governança

A adoção de boas práticas de governança pode constituir importante diferencial para aplicação de recursos sem dotações orçamentárias, objetivando a melhoria da eficiência e da legitimidade na sua utilização e na maximização dos resultados.

Portanto, é imprescindível para tal segurança que sejam criadas metodologias, normas, programas e políticas de conformidade no intuito de que os processos de gestão e controle dos recursos sejam otimizados, e fraudes, e práticas abusivas sejam evitadas.

Acesse nossos manuais AQUI 

 

Também acesse a Nota Técnica SEA-SUPFMA sobre a nova lógica de operação do Fundo da Mata Atlântica-RJ 

A partir desta nova lógica foi realizado um estudo geográfico global de distribuição de recursos da compensação ambiental ao longo dos últimos 10 anos que resultou no mapeamento a seguir:

Balanço dos recursos de compensação ambiental de projetos concluídos e em andamento

 

Conheça também as Unidades de Conservação Federais, Estaduais e Municipais no Estado do Rio de Janeiro em nosso site neste link

 

 


DIRETORIA DE BIODIVERSIDADE, ÁREAS PROTEGIDAS E ECOSSISTEMAS – DIBAPE / INEA 

EVOLUÇÃO DAS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO (GESTÃO 2015-2018)

Evolução dos Parques Estaduais

 

Evolução das Reservas Biológicas (REBIOs)

  

Evolução dos Refúgios de Vida Silvestre e Monumentos Naturais (REVIS e MONA)

 

Evolução das Áreas de Proteção Ambiental (APAs)

 

Evolução das Reservas de Desenvolvimento Sustentável, Reservas Extrativistas e Florestas Estaduais (RDS, RESEX, FLOE)

 

Conheça a metodologia do Planejamento Estratégico das Unidades de Conservação Estaduais

GOVERNANÇA DAS UCs-RJ

 

Publicação da Resolução Conjunta SEA/INEA nº 666 de 12 de dezembro de 2018.

Sobre o Fundo da Mata Atlântica

O Fundo Mata Atlântica (FMA-RJ) é um mecanismo inovador que permitiu ao Rio de Janeiro subir novo patamar na utilização das COMPENSAÇÕES AMBIENTAIS.

A possibilidade de o empreendedor depositar os recursos de Compensação Ambiental num “fundo” privado e de destinação pública, que deu ganho de escala e eficiência na gestão das Unidades de Conservação do Estado do Rio de Janeiro.

Conheça o FMA-RJ e veja como esse mecanismo pioneiro, eficiente e eficaz, estruturou as áreas protegidas no Estado do Rio de Janeiro para cumprir seus objetivos e abriu este espaço rico em biodiversidade para a população, proporcionando bem estar a todos.